David Michelsohn

davidmichelsohnfot

NOME: David Michelsohn

ESTADO: São Paulo

PROFISSÃO/ATUAÇÃO NA CERVEJA: cervejeiro caseiro e criador da marca comercial Júpiter

*

1) Melhor Ale produzida no Brasil

Cacau IPA da Bodebrown/Stone. Provei diversas vezes ao longo de 2013 e achei que estava melhor a cada lote. Detalhe: nunca tomei na garrafa, só em chope. Ganha o meu voto por ser criativa, trazer um ingrediente nacional e ser incrivelmente deliciosa!

2) Melhor Lager produzida no Brasil

Abadessa Helles. Muito diferente do que eu faço, e talvez por isso mesmo eu a tenha escolhido.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil

Pensei em umas 12 respostas, mas acho que vou fechar em apenas duas:  Evil Twin Imperial Biscotti Break e Fantôme Saison Classic

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil

Voto polêmico! Rogue Dirtoir Black Lager. Eu gosto demais de cerveja escura.

5) Melhor chope nacional ou estrangeiro à venda no Brasil

Eu sempre procuro pelo chope mais fresco, aquele barril que acabou de ser engatado. Em termos práticos tomei chopes excelentes em várias fábricas e festivais, mas o que se destacou foi mesmo a Cacau IPA da Bodebrown/Stone.

6) Melhor bar cervejeiro nacional

Gosto muito do Empório Alto dos Pinheiros, que fica pertinho da minha casa, tem mais de 600 rótulos para escolher e 32 torneiras de chope. Porém o maior atrativo do EAP é, na minha opinião, o fato de lá ser um centro propagador da cultura cervejeira de primeira linha. Lançamentos de cervejas nacionais e importadas, degustações, encontros de cervejeiros (profissionais e caseiros) acontecem lá. É o meu escritório fora do escritório, lugar onde encontro colegas de trabalho e amigos.

7) Melhor cerveja caseira

A melhor de 2013 foi a Mango Tree, do Bruno Brito, Léo Satt e Luciano Silva. Talvez a melhor Pale Ale que eu já tomei na vida! Uma explosão de sabor de lúpulo cítrico e manga. Pena que acabou…

8) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil

Ah, não viajo pra fora do Brasil já faz uns anos, então tenho apenas a opinião e a curiosidade de quem lê as notícias do que rola lá fora. Tenho muita vontade de provar algumas cervejas top da Cigar City (EUA), The Kernel (Inglaterra). Provei a Pliny the Elder, da Russian River e achei sensacional!

9) Melhor blog ou site cervejeiro

Não sei se é o melhor, mas eu acompanho muito o Oh Beautiful Beer (http://www.ohbeautifulbeer.com/), que é dedicado às embalagens

10) Melhor rótulo de cerveja, nacional, importado ou caseiro

Vide resposta acima,  a cada semana descubro mais um rótulo sensacional. Mas se for pra escolher um rótulo apenas diria que a Uinta Dubhe

11) Melhor evento cervejeiro nacional

Fico dividido entre o Festival Nacional de Blumenau e o Mondial de La Bière. Bem organizados, agradam tanto o público quanto os cervejeiros participantes.

12) Novidade do ano

A nova onda cervejeira, capitaneada por cervejeiros caseiros que decidiram profissionalizar a produção. O espírito homebrewer de qualidade, experimentação e orgulho de fazer cerveja se uniram à vontade de empreender. Prometem (prometemos?) muito!

13) Melhor fato cervejeiro

Mais uma opinião potencialmente polêmica – o melhor fato cervejeiro de 2013 foi a reunião do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) em Brasilía no dia 20 de agosto. As cervejarias foram convidadas para debater a elaboração do texto dos novos padrões de cerveja para o Mercosul. Foi o pleno exercício da democracia, todos os presentes puderam dar opiniões e dialogar diretamente com representantes do ministério, sem distinção para a Ambev, micros ou cervejarias que terceirizam produção. Vai demorar um pouco até entrarem em vigor, mas as novas normas serão muito modernas e facilitarão a vida dos cervejeiros

14) Pior fato cervejeiro

A lamentável gestão do Beer Experience 2013. A Coliseu Eventos, empresa responsável pela organização do festival, ainda não pagou todos os participantes e os que foram pagos demoraram muito a receber. Fora o fiasco maior de terem cancelado a etapa de Brasília

15) Previsão cervejeira para 2014

Vai ser um ano com muitas novidades. Muitos rótulos novos, muitos eventos, pessoal mais preparado para difundir a cultura cervejeira. Os novos participantes virão mais bem preparados, com ideias novas e muita vontade. E mais importante de tudo, o público estará mais consciente e mais exigente. Pelo menos é por isso que eu torço. Pode parecer um contrasenso, mas acho que quanto mais qualificado o consumidor melhor a qualidade geral das cervejas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s