Bernardo Couto

bernardocoutofot

NOME: Bernardo Couto

ESTADO: Rio de Janeiro

PROFISSÃO: Jornalista

ATUAÇÃO NA CERVEJA: um dos sócios da marca 2Cabeças (atual X), produtor caseiro e dono do site Homini Lupulo

1) Melhor Ale produzida no Brasil
A Maracujipa foi a Ale de que mais gostei neste ano, bebi muitas. Foi um trabalho difícil equalizar o processo, a adição da polpa e ainda a falta no Brasil do lúpulo que usávamos, o Centennial. Tivemos de fazer uma mudança de lúpulos que acabou ficando bem sutil, praticamente não foi notada pelo público e a deixou ainda mais interessante.
2) Melhor Lager produzida no Brasil
Double Vienna, da Morada. Muito interessante, potente e fácil de beber ao mesmo tempo.
3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Tem tantas cervejas fantásticas que chegaram aqui em 2013… Vou votar na Founders Breakfast Stout com o coração partido pelas que deixei de fora… Essa cerveja é deliciosa, intensa, super equilibrada.
4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Bebi esses dias, então está bem fresca na memória: Paulaner Salvator, um clássico!
5) Melhor chope nacional ou estrangeiro à venda no Brasil
Um chope Green Cow lá em Porto Alegre é sempre uma ótima opção.
6) Melhor bar cervejeiro nacional
Teto Solar, em Botafogo. Ótima comida, opções de chopes e cervejas, boa música e festas legais.
7) Melhor cerveja caseira
Acho que não bebi muitas cervejas caseiras, este ano, infelizmente, ou pelos menos não me chamaram atenção individualmente. No concurso estadual tivemos algumas ótimas cervejas e idéias muito criativas na categoria Estilo Livre, mas não lembro quem fez o quê… Então, vou com um amigo meu americano: nada como Imperial IPA caseira bem fresca. Vou votar, por não lembrar de tantas de outras pessoas, na Imperial IPA que fiz em casa com três opções de lupulagem para dry hopping: Columbus, Zythos e Simcoe/Chinook! Deixou saudades…
8) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Não bebi muitas cervejas que não chegam por aqui. Ou então, as que bebi não me chamaram atenção. Amigos, quando viajarem não esqueçam de me dar presentes para eu poder votar no próximo ano 🙂
9) Melhor blog ou site cervejeiro
Difícil escolher um, ainda mais tendo o meu, Homini lúpulo, e saber o que trabalho que dá manter no ar e atualizar. Mas vou votar no Bebendo Bem, que fez diversas análises interessantes ao longo do ano, sempre sem medo de dizer o que pensa.
10) Melhor rótulo de cerveja, nacional, importado ou caseiro
Saison à Trois. O rótulo ficou lindo, com cores e estética totalmente inusitadas para uma cerveja.
11) Melhor evento cervejeiro nacional
Festival Brasileiro da Cerveja. É o maior evento nacional, podemos provar tudo que é cerveja boa que tem no Brasil, além de encontrar todo mundo lá.
12) Novidade do ano
Aumento exponencial de eventos no Brasil, com destaque para o IPA Day em Ribeirão Preto e o Mondial de la Biére, no Rio. A cerveja nunca esteve tanto na mídia, na boca das pessoas e estes grandes eventos ajudam muito. Eu não sou mais maluco por fazer cerveja em casa e por não fazer cervejas comerciais para agradar o suposto paladar do brasileiro.
13) Melhor fato cervejeiro
Cada vez mais caseiros e pessoas novas entrando no mercado, com uma visão mais ousada e com propostas diferentes. O mercado está crescendo e se tornando cada vez mais heterogêneo, e acho que isso é essencial para o desenvolvimento como um todo no país.
14) Pior fato cervejeiro
Foi um ano de crescimento acelerado, mas temos muito a melhorar. Acho que não teve um grande problema pontual, então vou citar coisas que acho que precisam e que devem melhorar. Ainda percebe-se um medo em algumas cervejarias de ferir o dito “paladar do brasileiro” e com isso fazem cervejas mais neutras do que deveriam. O número e o tamanho dos eventos cresceu demais, o que é ótimo, mas não faltaram problemas de diversas formas, evento cancelado em cima da hora, muito caros para o público e/ou para o expositor, entre outras coisas. A logística no Brasil é difícil e cabe ao setor tentar driblar isso, tanto em termos de qualidade quanto custo. E, para fechar, a overdose de premiações, medalhas. Sim, é legal ganhar esse reconhecimento, mas é tanta informação a este respeito, tantos concursos diferentes e com formatos diversos, que vitórias mais relevantes das cervejas brasileiras acabam passando batidas pois o assunto acaba cansando o público e a mídia. Premia menos, premia melhor.
15) Previsão cervejeira para 2014 
Mais cervejarias abrindo, brewpubs, melhores cervejas, estilos novos no Brasil e algumas marcas começando a se consolidar no cenário nacional. O mercado ainda está numa fase muito inicial, e as empresas ainda têm estruturas muito simples, com poucas pessoas por trás para conseguirem sobreviver neste primeiro momento. Vejo também um crescimento muito grande de opções de pontos quentes, ou seja, lojas físicas e supermercado. Pronto, desliguei a bola de cristal.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s